5 riscos que você está exposto, caso não tenha um seguro auto.

05/10/2021

Contar com a sorte pode ser uma furada repleta de prejuízos.

O investimento em um veículo não é barato, seja zero quilometro, seminovo ou usado, há um valor empregado ali que ninguém quer jogar fora. Contudo, quando você tem um carro e não contrata um seguro auto este é basicamente o risco que se corre, perder tudo a qualquer momento. 

Isso porque a realidade que nos cerca nos coloca em risco o tempo todo, mesmo que você seja um motorista com um perfil tranquilo e supercuidadoso. Infelizmente há situações em que não temos o controle e o seguro surge como a forma mais eficaz de diminuir os prejuízos que muitos imprevistos podem causar. 

Caso você ainda não esteja convencido dos perigos que está correndo ao contar apenas com a sorte, nós listamos os cinco riscos eminentes ao qual você está exposto. Se liga!

RISCO 1 – Acidentes, dos mais leves ao sinistro.

Ao rodar com o seu carro por aí sempre há o risco de se envolver em acidentes, e isto mesmo que você seja o mais prevenido dos motoristas, o risco existe.  Se o resultado do acidente for algo mais leve, mesmo assim você terá de arcar com todos os consertos do seu veículo e dependendo da situação até do conserto do outro carro envolvido na batida. Caso o acidente seja muito violento e haja um sinistro você pode perderá o veículo totalmente. O seguro, além de reembolsar o valor para uma nova aquisição de um novo carro, caso haja uma perda total, cobre todos os tipos de consertos em casos de acidentes, ou seja, zero preocupação com relação a perdas financeiras. 

RISCO 2 – Violência, roubos ou furtos. 

Além de acidentes, outro risco que pode ocasionar na perda do seu veículo está na criminalidade. Danos no veículo causado por tentativas de roubo estão inclusas neste processo. O ladrão pode não conseguir roubar o seu carro, mas poderá quebrá-lo ou furtar peças dele. Este é um dos riscos mais altos que se tem, ao estacionar seu carro em qualquer lugar público, ao voltar, você poderá ter uma surpresa desagradável. Os seguros garantem coberturas para todas essas situações, consertando e reavendo as peças sem que o motorista pague nada a mais. 

RISCO 3 – Gastos inesperados.

Em sua rotina podem não acontecer acidentes graves ou furtos, mas há a possibilidade de pequenos danos surgirem em seu veículo, como a necessidade de um guincho, vidros quebrados, troca de pneus, socorro mecânico, pane seca, chaveiro, entre outros. Todas essas situações demandam gastos que pegam o motorista de surpresa em meio a dificuldade e a fragilidade de situações que o expõe a fechar negócio com o primeiro profissional que aparecer pela frente, tendo um prejuízo maior do que se deveria.  Com o suporte de um seguro isso não ocorre, porque ao acionar a seguradora, que geralmente oferece uma assistência 24 horas para situações desse tipo, a mesma resolverá tudo por você e não haverá nenhum gasto adicional do que já se paga. 

RISCO 4 – Conflitos com terceiros

Já falamos mais acima que em caso de acidentes que envolvam mais carros há o risco de ter que pagar não só o conserto do seu carro como do outro, isto se a responsabilidade da batida for sua. Em situações como estas a dor da cabeça pode ser muito maior. 

Será preciso definir o melhor local para se fazer os reparos, ou seja, uma oficina que garanta qualidade e preço, e muitas vezes o motorista pode não ter a menor ideia e terá que providenciar isto. Em processos como este existe o sério risco de ser passado para traz por profissionais duvidosos. Tendo uma seguradora do seu lado estes problemas simplesmente não existem, pois a empresa resolverá tudo para você. 

RISCO 5 – Gastos em tratamentos de saúde, que podem envolver terceiros.

Outro ponto importantíssimo relacionado a acidentes são os gastos médicos. Isso porque as pessoas envolvidas em uma batida podem se machucar e terão que passar por tratamentos de saúde, muitas vezes passando por internações em hospitais e cuidados adicionais após a alta. Mesmo com plano de saúde, a depender do plano que a pessoa tenha, alguns procedimentos podem não estar inclusos e em situações como estas, o pagamento poderá ser feito todo no modo particular, que geralmente é caríssimo. Além do seu tratamento pessoal após um acidente, você poderá ter que arcar com os gastos médicos de terceiros também. Estas contas fecham altíssimas. O seguro auto tem coberturas que garantem toda a assistência médica para acidentes estejam inclusas em casos desse tipo, o que garantem uma tranquilidade absurda em situações de grande risco de prejuízos financeiros, bem como relacionados a vida.

X
X