3 fatores essenciais que você precisa saber sobre seguro auto

13/10/2021

Saber sobre eles ajudará e muito na escolha para proteção do seu carro, e a sua também 

Ao comprar um carro pela primeira vez uma série de novidades entram na vida do motorista, podemos dizer que um novo mundo se abre e um dos pontos mais importantes é o seguro auto. Isso porque o carro sem seguro é um grande risco, isto pensando tanto vida do motorista quanto nos prejuízos do automóvel em si. Ninguém quer perder um investimento desse tipo, então, igualmente investir em sua proteção é de suma importância. Portanto, hoje, listamos x informações que você precisa saber quando o assunto é seguro auto. 

Você precisa conhecer as nomenclaturas deste universo do seguro auto

Existem muitos termos utilizados neste mundo novo do seguro auto, para quem está se aventurando pela primeira vez, então começando pelo básico do básico, é importante entender o que elas significam para ter a certeza de que você, de fato, está falando o mesmo idioma na hora de fazer a cotação do seu veículo, para passar as informações corretamente e, igualmente, ter como negociar. Então vamos lá que listamos os termos mais importantes que você precisa saber:

– Sinistros

São as situações de riscos que podem avariar o carro em diferentes níveis, como roubo, colisão, quebra de vidros, queda de uma árvore entre outros.

– Perfil de risco

O risco de sinistro, ou perfil de risco, é um índice analisado pela seguradora antes da contratação do seguro auto. Basicamente ele avalia quais são as probabilidades do segurado de sofre algum tipo de sinistro ou qualquer outro problema eventual que possa ocorrer com o carro. Portanto quanto maior for o perfil de risco do segurado, maior será o valor a ser pago pelo seguro. 

– Cobertura

São os tipos de proteção que o seguro oferta ao segurado. Por exemplo, temos cobertura contra incêndio, colisão, furto, vidro quebrado, guincho se necessário, troca de pneus, e por ai vai. 

Há a cobertura contra roubo, contra furto, incêndio, colisão e mais.

– Apólice

É o contrato do seguro auto.

– Prêmio

É a quantia que será pago ao segurado em caso de danos graves ao veículo. Importante deixar claro que esse valor irá variar de acordo com o valor pago para o seguro. 

– Proposta de seguro

A proposta é o documento que será preenchido pelo cliente que deseja ter o seguro auto. Os dados contidos neste documento serão avaliados pela seguradora que poderá ou não aceitar a proposta, ou seja, se vale ou não a pena fazer a proteção do seguro segundo o perfil a pessoa, analisa-se aqui o perfil de risco do cliente, como já vimos mais acima. 

– Perda parcial

Quando ocorre um acidente com o carro e os danos são 75% menores que o valor do carro, a seguradora paga uma indenização parcial, para que o carro seja consertado na oficina. Aqui o segurado paga uma parte e a outra fica a cargo do seguro. 

– Perda total

É quando os danos no carro são 75% maiores que o valor do carro. 

– Indenização integral

É a indenização paga de maior valor pelo seguro. Este pagamento é feito diante de duas situações: primeiro, quando há perda total do veículo e, segundo, o carro é roubado ou furtado e não recuperado pela polícia. 

Quais são as suas necessidades de proteção auto

O seguro auto é uma proteção totalmente personalizável e por ser assim as escolhas e fatores avaliados nestes processos irão influenciar diretamente no valor final a ser pago e na melhor escolha de um plano que realmente se encaixe no seu perfil. Com isto em mente, é importantíssimo analisar quais as suas reais necessidades quando o assunto é a proteção do seu veículo, para que as escolhas que venham neste processo de cotação junto a seguradora atentam a tudo o que você precisa. 

Vamos exemplificar um pouco para ficar mais claro. Se você roda com seu veículo diariamente e costuma pegar estrada, escolher um seguro mais completo talvez seja a melhor opção, pois estarás exposto a mais riscos. Contudo, caso o seu veículo seja mais antigo e você circula menos, ou seja, o carro fica mais na garagem mesmo, uma cobertura focada em roubo ou furto seja a mais indicada. 

A ideia aqui, portanto, é conhecer os seus hábitos ao usar o veículo e analisar como este comportamento pode o colocar em risco e entender quais proteções ele precisa de fato, isso ajudará a mensurar um valor que seja justo ao tipo de segurança que seu carro e você precisam.

Fique por dentro sobre os tipos de seguro oferecidos

Conhecer os tipos de seguros disponíveis para o seu carro é bem importante, porque cada um possui suas peculiaridades que influenciam direto no tipo de proteções oferecidas. Basicamente existem quatro tipos de coberturas. Confira abaixo quais são elas e suas principais características:

 – Seguro compreensivo: aqui a cobertura mais completa e, consequentemente, mais cara. Esta opção de seguro é indicada para automóveis que são usados com alta frequência, estando mais expostos a diferentes riscos diariamente.

– Seguro para terceiros: como o nome indica, esta cobertura é focada nas pessoas envolvidas em algum sinistro com o segurado. Este seguro pode ser contratado de forma adicional junto a outros. 

– Seguro de furto e roubo: a proteção aqui é focada apenas em casos da perda ou danos causados ao veículo mediante a sua subtração por terceiros.

– Seguro para passageiros: aqui o foco é nos passageiros envolvidos em algum acidente no carro do segurado. Geralmente, as coberturas aqui abarcam danos morais, pessoais ou físicos sofridos pelos passageiros.

Esses são seguros básicos disponíveis no mercado, mas existem uma série de coberturas adicionais e personalizadas que podem ser inseridas nesta equação, portanto é de grande importância contar com uma corretora de seguro para fazer uma cotação imparcial analisando suas necessidades e qual tipo de seguro e possíveis adicionais fazem sentido na sua vida para garantir uma proteção justa, tanto para sua real segurança quanto para o seu bolso. 

X
X